Conflitos entre manifestantes antirracismo e agentes federais se intensificaram na cidade de Portland ao longo da última semana

Um grupo de mães estadunidenses criou uma barreira humana para proteger centenas de manifestantes antirracismo em Portland, nos Estados Unidos.
O grupo estava de braços dados e entonavam palavras de ordem como:
Agentes federais mantenham distância! As mães estão aqui!” e “Deixem nossas crianças em paz”.


A presença das mães tem como um dos objetivos evitar ataques e cenas de violência nos atos, ao separar os manifestantes de policiais. “Não atire, sou uma mãe”, diz um dos cartazes carregados pelas mulheres na linha de frente dos atos.

O grupo de mães vem participando dos protestos abertamente há duas semanas.
Os protestos aconteceram em frente ao Tribunal Federal de Justiça de Portland.

Categorias: Mulher

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *