Você sabia que o público feminino é mais propenso ao surgimento de doenças oculares?

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) , duas a cada três pessoas cegas no mundo são mulheres e os motivos para esta constatação são diversos:

O primeiro está relacionado a menopausa, que causa a interrupção da produção de estrogênio. A falta deste hormônio pode causar alterações no filme lacrimal, levando ao quadro de olho seco, com sintomas como sensação de areia nos olhos, coceira e fotofobia. A falta do estrogênio também afeta uma das camadas do olho que formam o cristalino (lente natural do olho), aumentando durante esta fase, as chances do desenvolvimento da Catarata.

É relevante também o fato de que as mulheres têm maiores taxas de doenças autoimunes como lúpus, artrite reumatoide e esclerose múltipla, sendo que todas essas condições geram impacto sobre a visão, podendo levar à cegueira. 

Durante a gestação, o cuidado com a saúde ocular deve ser redobrado, já que neste período, as alterações no organismo deixam os olhos mais vulneráveis. É muito comum as gestantes apresentarem visão embaçada e aumento de grau de problemas refrativos. Por isso, exames oftalmológicos devem ser realizados junto com o pré-natal, para prevenir a pré-eclâmpsia e o diabetes gestacional, que aumentam a pressão arterial e podem trazer sequelas à visão.

Outro agravante entre as mulheres, é o uso constante de maquiagem que podem ocasionar processos alérgicos, o compartilhamento de produtos, itens vencidos e descuido na hora de aplicá-los, falta de higienização dos pincéis e até mesmo a falta de assepsia da pele podem tornar os olhos vulneráveis a sérios problemas.

Cabe às mulheres, independentemente  da faixa etária, adotar um estilo de vida saudável para evitar problemas oculares mais graves. Nesse sentido, se alimentar bem, evitar sobrepeso e obesidade, além de praticar exercícios físicos e parar de fumar são atitudes fundamentais para quem deseja enxergar bem por muitos anos ainda.


Fonte: www.oculari.com.br/noticias/catarata/saude-ocular-mulheres


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *